Obtenha as últimas notícias sobre a nossa resposta ao Covid-19 e as nossa políticas de cancelamento. Saiba mais

#FLAGvox | “É impossível falar de transformação tecnológica sem UX/UI Design”

O que é o UX Design? E o UI Design? Vivem um sem o outro? É a estas e outras questões que o novo e-book gratuito da FLAG responde, ajudando a desenvolver as competências daqueles que querem saber mais sobre a experiência do utilizador com softwares.

Gabriel Augusto, director da escola de marketing, refere, em entrevista à Marketeer, que esta é uma das «áreas emergentes da actualidade com crescente procura por parte das empresas, tanto em Portugal, como no estrangeiro». Por isso mesmo, decidiram disponibilizar sem custos este livro digital, para «sistematizar a partilha de conhecimento e experiência, de profissionais para profissionais ou interessados na área».

Embora seja gratuito e explique as bases da área, o “UX/UI Design” não é um ‘guia para totós’. Tem como propósito ajudar quem quer saber quais as skills a desenvolver para se especializar em UX/UI Design e para quem está a dar os primeiros passos na área. Sendo uma vertente em ascensão, são ainda muitas as dúvidas sobre o que é User Experience e User Interface e como estes se relacionam entre si, logo a FLAG decidiu pôr mãos à obra e, com a ajuda de especialistas no mercado, recolheu informações úteis sobre um tema cada vez mais relevante no mundo digital.

De facto, «é impossível falar de transformação tecnológica sem [passar] pelo UX/UI Design», atesta Gabriel Augusto. «No nosso quotidiano não temos essa consciência, mas o mundo digital que nos rodeia só é possível graças ao design com foco na interface e na experiência do utilizador. Basta pensarmos na evolução desde o primeiro computador, que tinha a dimensão de uma sala, para os portáteis actuais que se transportam facilmente. Sem a utilização do UX/UI Design, existiria uma realidade muito diferente daquela que conhecemos hoje.»

Mas afinal o que é o UX/UI Design? O director da FLAG explica: «De uma forma breve, podemos dizer que UI Design (User Interface Design) se centra na aparência do produto e na interacção do utilizador com este. O UX Design (User Experience Design) está focado no percurso que o utilizador faz e nas emoções que sente ao longo da sua experiência.»

E de que forma as marcas podem beneficiar destes campos? Segundo Gabriel Augusto, «nunca, como agora, as marcas se preocuparam tanto com a experiência dos seus clientes na compra dos seus produtos, assim, como com a opinião do seu público sobre a própria marca». Desta forma, «criar uma imagem positiva para os clientes é essencial e é um factor decisivo no momento de escolher entre uma marca ou o seu concorrente».

Gabriel Augusto explica ainda que o UX/UI Design surge como «uma forma de marcar uma posição de destaque ao procurar resolver as necessidades dos clientes e, ao mesmo tempo, poupar tempo e recursos à empresa». É uma ferramenta que proporciona pesquisa e planeamento e, ainda, testes de usabilidade, permitindo que os produtos – desenvolvidos com foco nas pessoas – não necessitem de alterações acentuadas, tornando-os mais competitivos no mercado e levando a um reflexo positivo directo nos resultados da marca.

Ainda que não seja uma tendência nova, o UX/UI Design está cada vez mais globalizado, com tendência a crescer devido ao trabalho remoto, e este e-book, finaliza Gabriel Augusto, pode ajudar a «alertar para as oportunidades associadas ao UX/UI Design para quem ambiciona entrar nesta área, mesmo que a sua experiência profissional não aparente ter alguma ligação».

Artigo de Opinião em: Marketeer. | Texto de: Beatriz Caetano.